Autor: Marcus Rizzo

R$ 40,00

Envio em arquivo PDF via e-mail

08 páginas




Lucratividade: Uma Meta Obsessiva
Pensar em aumentar a lucratividade das franquias deve ser uma meta obstina-da de cada dirigente de uma organização franqueadora. Nestes últimos anos a ineficiência de muitas franquias, e em especial de muitas empresas franqueadoras foram escamoteadas pela inflação alta e o forte exercício da sonegação.

Sem a inflação os negócios ficaram mais transparentes, para o franqueador, franqueado e para o sócio governo. Aliás este sócio, outrora oculto, agora bate à porta vorazmente querendo seu quinhão.

Franqueados normalmente julgam o desempenho do franqueador através do aumento da lucratividade da sua franquia e pela forma com que este age diretamente para continuamente aumentar as vendas e reduzir os custos do negócio.

Há uma enorme quantidade de itens que são comprados individualmente por cada franqueado e que se adquiridos conjuntamente teriam uma redução de custos e um aumento significativo nas margens do negócio.

Em franchising, cada vez mais o nome do jogo é ter escala. Crescer e expandir a rede, sempre cuidadosamente e de forma planejada, significa ter poder de compra representado por volumes que possam atrair fornecedores especializados com produtos e serviços atrativos para o consumidor final.

Suprimentos de Franquias, Uma Mudança de Atitude
Uma boa parte dos franqueadores no Brasil são fabricantes dos produtos e vendem aos franqueados, cobrando os royalties sobre o volume de compras.

Outra grande parte das organizações franqueadoras fabricam e vendem aos franqueados a maioria dos produtos e homologam terceiros fornecedores para os demais produtos mediante ao pagamento de comissões, além de cobrarem os royalties sobre o volume total das compras efetuadas pela rede.

Alguns poucos franqueadores brasileiros aproveitam o potencial de compra da rede e em conjunto com franqueados buscam os melhores fornecedores para suprirem suas demandas com produtos e serviços.

Cooperativa de Suprimentos: Alguns Importantes Benefícios
Inicialmente a grande vantagem é a melhoria nos preços de produtos e serviços essenciais que é proporcionado pelo poder de compra que só a força conjunta da rede pode obter. Mas, além deste importante benefício é possível citar mais outros, igualmente importantes para o sistema de franquias:

  • o primeiro, é que um sistema de compras cooperadas pode ajudar o franqueador a estabelecer um programa de trabalho que será desenvolvido em conjunto com os franqueados e com isso fortalecer o senso de unidade na rede;
  • o segundo benefício é que uma cooperativa enfatiza a importância de fazer parte do grupo. Uma das razões determinantes que levaram franqueados a comprarem a franquia tem origem na possibilidade de partilhar com o franqueador de todos os benefícios gerados pelo conhecimento do negócio e pelo suporte que é oferecido pela franquia.